Quantas almas já se perderam em seu olhar?

Muita gente reclama que não encontra a pessoa certa, que os homens não querem saber de nada, que as mulheres se tornaram muito exigentes. Isso tudo pode ser verdade, mas cada um deve fazer sua parte, questionando-se, conhecendo-se melhor. Você precisa treinar o seu olhar, prestando mais atenção nas qualidades que nos defeitos alheios. É assim que se ampliam as possibilidades. Este é um trabalho de autoconhecimento, de desenvolvimento pessoal, de meditação. Você para de julgar. Além disso, a intuição precisa funcionar, pois é ela que sabe como e quando encontrar alguém que vale a pena. Com a mente muita ocupada por seus julgamentos, com muitos certos e errados, você olha e não vê; não percebe que seus valores estão restritos a certos padrões aprendidos, e que não funcionam. Saiba que você sempre terá o amor que merece, mas isso vale tanto para o bem como para o mal. Ao ampliar sua consciência, você passa a se relacionar também com mais amplitude. E este olhar mais condescendente, mais sábio, o ajuda nas escolhas que faz. E ao contrário do que está vivendo, ao invés de ficar isolado, às vezes, sozinho e triste, sentindo-se muitas vezes fracassado, incapaz e abandonado, você terá suas antenas mais afiadas para detectar e atrair o amor que tanto deseja.

 

Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
(obtenha mais informações e inscreva-se no Seminário sobre o Amor que será realizado em  02/12/2017 escrevendo para atendimento@sergiosavian.com.br)

Tags: , , , , , ,