Democracia

Democracia: a eleição reflete a vontade popular, esteja você de acordo ou não!

Polarização política

Ninguém pode estar 100% certo, nem 100% errado. A polarização, os extremos, não têm sabedoria.

“Compromissofobia”

Ao nos comprometermos com algu√©m, √© como se estiv√©ssemos assinando um cheque em branco. Surge assim a “compromissofobia”, caracterizada pela falta de disposi√ß√£o em dar continuidade aos relacionamentos a despeito de qualquer adversidade, o que quer que aconte√ßa. Os novos relacionamentos, de compromisso light, reduzem seu tempo de dura√ß√£o. O at√© que a morte nos separe √© substitu√≠do pelo at√© que a satisfa√ß√£o desapare√ßa e comece os problemas. Para estar junto¬†de algu√©m e atravessar os per√≠odos dif√≠ceis, √© preciso amadurecer. Rela√ß√Ķes de compromisso saud√°veis s√≥ s√£o vi√°veis para duas pessoas que, al√©m do compromisso com o outro, tamb√©m se comprometam com seu pr√≥prio crescimento. S√≥ assim voc√™ lidar√° com os conflitos com intelig√™ncia emocional. Com autoconhecimento voc√™ compreende que os conflitos trazem aprendizado. Sem autoconhecimento as rela√ß√Ķes tendem a um grau insuport√°vel de tens√Ķes, com o afastamento prematuro dos envolvidos. Sobra assim uma grande frustra√ß√£o causada por v√≠nculos fr√°geis, fugazes, que n√£o nos preenchem na √Ęnsia de amar.

Sergio Savian- psicanalista especializado em relacionamentos
(agende uma consulta presencial ou on line)

A vida é uma obra de arte

Quer voc√™ tenha consci√™ncia ou n√£o, a vida √© uma obra de arte. E esta obra fica mais interessante na medida em que estabelecemos desafios que s√£o dif√≠ceis de confrontar diretamente. Escolhemos alvos que est√£o muito al√©m de nosso alcance, que nos parecem estar teimosamente muito acima de nossas capacidades. Tentamos o imposs√≠vel, e sem muitas certezas, esperamos, ao longo de nosso esfor√ßo, atingir nossas metas, e assim mostrar que estamos √† altura do desafio. Neste sentido a incerteza √© o habitat da vida humana, ainda que tenhamos esperan√ßa de que vamos dela escapar. √Č por isso que a felicidade genu√≠na, adequada e total sempre parece residir em algum lugar √† frente: tal como o horizonte, que recua quando se tenta chegar mais perto dele. (Bauman)

Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
(agende uma consulta presencial ou on line)

Você condiciona sua amizade à afinidade política?

Se sua resposta for sim, meus p√™sames por sua postura antidemocr√°tica. Somente a consci√™ncia de cada um pode e deve definir em quem votar ou n√£o. ¬†A nossa consci√™ncia √© soberana nesta decis√£o. Ent√£o, se voc√™ pressiona algu√©m, com sua chantagem emocional, deixando de ser amigo para persuadir o outro, sinto muito, mas o autocr√°tico tir√Ęnico aqui √© voc√™. Pois, o que vale mesmo, o que mostra quem voc√™ realmente √©, n√£o √© o que voc√™ diz ser, mas a sua atitude. Ponha a m√£o na sua consci√™ncia amigo! Afinal, o que voc√™ quer que prevale√ßa, a amizade ou a diverg√™ncia pol√≠tica? Por onde voc√™ quer caminhar? Na uni√£o ou no conflito? Na paz ou na guerra?

Sergio Savian

Para o bem e para o mal, tudo cresce quando se coloca atenção

Impregnado de julgamento e √≥dio, voc√™ despende muita energia e fortalece seu inimigo. Mas, se ao contr√°rio disso, voc√™ para de julgar e age por amor, voc√™ harmoniza as rela√ß√Ķes. O momento atual pede mais sabedoria. Pede que entendamos o quanto estamos projetando nossas pr√≥prias sombras nos outros. Pede mais consci√™ncia para saber que n√£o somos t√£o diferentes assim uns dos outros, somos todos seres humanos. Pede que olhemos para dentro de n√≥s com coragem e verdade. Pede humildade para reconhecer os pr√≥prios erros. E tamb√©m os acertos, que podem estar em mim, em voc√™, em qualquer um, tanto faz. Enquanto n√£o amadurecermos e nos tornarmos mais l√ļcidos, viveremos no eterno conflito, cuja origem √© a auto ignor√Ęncia.
Boa noite para todos. TODOS!
Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos

Como lidar com o sofrimento?

Como ter uma vida mais focada no bem-estar e n√£o no sofrimento? Antes de tudo √© preciso admitir que muitas coisas desagrad√°veis acontecem √† nossa revelia. Mesmo que viv√™ssemos em uma redoma, desviando-nos de todos os conflitos, a vida assim seria muito chata. Sofremos quando nossos desejos s√£o contrariados, quando o que planejamos n√£o acontece, quando algu√©m nos magoa, quando n√£o somos reconhecidos. Noutras vezes, o sofrimento tem origem dentro de voc√™ mesmo, por exemplo, quando deseja duas ou tr√™s coisas ao mesmo tempo e n√£o consegue decidir com qual delas deve se comprometer. Pode ser tamb√©m que eu deseje algo que √© imposs√≠vel de ser realizado. Ou, desejo coisas que n√£o s√£o permitidas. De toda forma, o sofrimento sempre estar√° presente em nossas vidas. O que d√° para fazer √© entender isso, e mudar a maneira como encaramos as restri√ß√Ķes. Quando mais conscientes nos tornamos, melhor lidamos com as frustra√ß√Ķes de nossos desejos. Afinal temos mais o que fazer, muitas coisa boas tamb√©m est√£o acontecendo. Vamos aproveitar!

Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
(agende uma consulta presencial ou on line)

Mudar é preciso, mas nem sempre conseguimos aquilo que desejamos

A vida pede mudanças e coragem para para sair do lugar onde você está, escolhendo o caminho da expansão. Mas, esta tentativa de mudança também deve ser acompanhada da sabedoria que nos aponta quais são os limites. Por exemplo, numa eleição democrática, os candidatos que se apresentam e que eventualmente venham a ganhar, de longe são os representantes dos nossos sonhos. Outro exemplo é quando desejamos mudar alguém, para que se torne parecido com o ideal que projetamos para ele. Isso nunca acontece de fato. Isso é puro narcisismo de nossa parte: querer que o mundo seja igual a nós mesmos. Agindo desta maneira, buscando mudanças que melhorem nossas vidas, e, ao mesmo tempo, reconhecendo os limites para estas mudanças, qualquer fracasso perde o sentido, pois o que não dá certo já está contabilizado em nossa consciência.
 
Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
(agende uma consulta presencial ou on line)

GET ENERGY no Guaruj√°

condução de Sergio Savian
Nos dias 29 e 30 de setembro estaremos juntos novamente no programa Get Energy: amizades, autoconhecimento, walkmeditation, praia, natureza e o tema “A arte do relacionamento”. Ainda temos algumas vagas. Se quiser mais informa√ß√Ķes entre em contato pelo Whatasapp 11 98383 9305 ou pelo e-mail falecomsavian@gmail.com.
Bem-vindo(a)!

Quanta liberdade você suporta?

Ao nascer voc√™ sai da zona de conforto que √© o √ļtero da sua m√£e. A cada dia que passa aumentam suas habilidades para tornar-se independente, em um primeiro momento da m√£e, e posteriormente, das outras pessoas que s√£o respons√°veis por voc√™. Pouco a pouco aumenta sua autonomia, com a liberdade de ir e vir por conta pr√≥pria, sem a necessidade da ajuda ou aprova√ß√£o dos outros. Mas nem todo mundo faz esse trajeto na vida. A autonomia, que de certa forma √© sin√īnimo de liberdade, gera medo. √Č assim que o crescimento pessoal fica comprometido. √Č assim que se vive muito menos do que se pode viver. Voc√™ prefere o que √© seguro, confort√°vel e conhecido. E deixa de se experimentar de outras maneiras. Deixa de crescer!

Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
(agende uma consulta presencial ou on line)