Entrevista de Sergio Savian* para o Site Preparado pra Valer

Entrevista de Sergio Savian* para o Site Preparado pra Valer

1- Como o casal que vive discutindo relação pode tornar o namoro mais prazeroso?
Parando de discutir. A questão não é discutir, mas saber conversar. Pouca gente tem capacidade de levar um papo reto, que realmente resolva os conflitos. O mais comum é acusar o outro, é falar do mesmo assunto sem clareza, sem sabedoria. O mais comum é cobrar que o outro seja alguma coisa que ele não é. E tudo o que não se resolve, volta, e vira um círculo vicioso. É muita gente que não sabe viver bem. Está sempre inventando conflitos, alguma forma de sair do prazer, do bem bom da relação.

2- A DR é importante nos relacionamentos?
Não gosto do termo DR que significa discutir a relação. Não há necessidade de discutir. Melhor é conversar, esclarecer, um esforço conjunto para  entender o que está acontecendo.

3- Se a namorada gosta de discutir o relacionamento e o homem não, de que forma ele pode agradá-la?
É importante escutar o que o outro está dizendo, desde que não sejam só acusações. É importante saber como o outro está se sentindo. Não que você seja responsável pelos sentimentos do outro, pois você não é. Cada um deve responsabilizar-se por seus próprios sentimentos. E, se você não sebe falar de si, trate de aprender. Procure uma boa análise onde você vai desenvolver a habilidade de expressar o que pensa e sente em um ambiente positivo de crescimento pessoal.

4- Quais são os aspectos que você considera fundamentais para o relacionamento funcionar entre dois jovens?
Todos nós temos um jeito de ser, um modus operandi. Mas nem sempre nos damos conta que este jeitão pode não ser o melhor. Então, o primeiro passo é você dar conta de si, tanto de seus aspectos positivos, como dos aspectos negativos. Este já é um bom começo. Se você tiver a humildade de compreender que não é perfeito, e que ninguém é perfeito, será mais condescendente com seu parceiro. Não exigirá tanto. Portanto, a base de bons relacionamentos é o autoconhecimento.

5- É importante eles não deixarem terceiros darem palpites no namoro?
Em última análise, quem deve saber de si é você mesmo. Acontece, porém, que sua visão sobre si mesmo e os relacionamentos pode estar bastante equivocada. Daí é necessário que busque um lugar para que possa se questionar, um lugar para abrir sua visão de mundo, de si mesmo  e das relações. Alguém mais vivido, com mais sabedoria pode servir como um bom espelho para você se ver. Mas, ficar aberto aos palpiteiros de plantão, de nada ajuda.

* Sergio Savian é psicanalista clínico especializado em relacionamentos. Saiba mais sobre seu trabalho em www.sergiosavian.com.br