Dá para vencer no grito?

Grita quem quer impor sua vontade sobre os outros. Grita quem não tem argumentos. Grita quem quer esconder algo. Grita os que imaginam sempre terem razão. Os que não aceitam críticas. Que colocam a culpa nos outros. Para que você possa expressar seus desejos com precisão e ser bem sucedido é necessário que desenvolva uma boa linguagem. Se não sabe falar ou se o faz de forma descoordenada, com um português ruim e confuso, você gera a incompreensão de quem está escutando. Além disso, existem outros indicadores do que é comunicado: a expressão do rosto e do corpo. Por exemplo, uma sobrancelha levantada, indica arrogância, o tom de voz muito alto, grosseria. O silêncio, quando é preciso se pronunciar, pode ser fatal. Tudo isso cria muito ruído na comunicação, ocasionando relações de péssima qualidade. Agora, imagine uma pessoa assim tentando liderar. Quais são as reações que provocam? Alguns, que tem as mesmas características, podem se identificar. Outros, bem fracos, medrosos e dependentes, se rendem. Mas se você tiver um mínimo de bom senso e auto-estima, não gostará de ser tratado desta forma. O que você faz? Deixa que este indivíduo despreparado continue dando as cartas? Ou faz algo para destituí-lo do poder que ele ganhou no grito? Você decide!
Sergio Savian – psicanalista especializado em relacionamentos
Saiba mais sobre o SEMINÁRIO SOBRE O AMOR – encontros mensais para o aprimoramento das relações amorosas conduzido por Sergio Savian em www.sergiosavian.com.br
#maisamor
#sergiosavian
#relacionamentoamoroso

Tags: , , , , ,