relacionamento

Ao radicalizar voc√™ n√£o resolve as rela√ß√Ķes e se isola

Posted by on 21 de março de 2019 at 12:04 pm

Quando digo que você pode ajudar, curando o garoto para ele se tornar um homem, quero dizer que você não deve dar mole à folga masculina. Curar o garoto significa colocá-lo para trabalhar, para colaborar, para se comprometer, para ter palavra. Curar o garoto significa colocar os seus limites, não aceitar qualquer coisa, é construir [...]

Ajude a curar o garoto e o homem aparecer√°

Posted by on 19 de março de 2019 at 10:39 pm

Definitivamente as mulheres estão assumindo o poder. Mas junto deste poder elas também se isolaram. Com toda a razão, chegaram à conclusão de que não gostam de serem dominadas, mas precisam entender que os homens também não gostam. E a forma deles reagirem é se afastando cada vez mais do relacionamento amoroso. Vivemos uma confusão [...]

Como fazer para curar um coração partido?

Posted by on 18 de fevereiro de 2019 at 11:49 pm

Entrevista de Sergio Savian* para o Portal UOL Quase todo mundo já passou pela sensação de coração partido e, apesar de ser um sentimento, parece que a situação provoca uma dor física. Por que este tipo de sentimento provoca tamanha dor? O que sentimos hoje em uma relação amorosa é uma versão do que já [...]

O sentimentalismo é muito chato!

Posted by on 16 de dezembro de 2018 at 4:16 pm

O sentimentalismo √© uma emo√ß√£o superficial e d√©bil, sem causa justific√°vel; um excesso de emo√ß√£o ou sentimento como motivo de prazer. Voc√™ sente prazer em manipular, em desviar a aten√ß√£o de assuntos realmente importantes para outros que n√£o t√™m a import√Ęncia a que lhes atribu√≠. Seu desejo neur√≥tico √© continuar em conflito, repetindo e permanecendo [...]

Até que ponto uma pessoa consegue aguentar tanta pressão num relacionamento?

Posted by on 13 de dezembro de 2018 at 11:39 pm

Entrevista para o Programa THE LOVE SCHOOL Record TV Sergio Savian é psicanalista clínico especializado em relacionamentos. Atende em seu consultório em São Paulo e on line. 1) Até que ponto uma pessoa consegue aguentar tanta pressão num relacionamento? Depende de cada um. Pessoas muito carentes tendem a aguentar mais pois temem ficar sozinhas caso [...]

A humildade é necessária para crescer

Posted by on 9 de dezembro de 2018 at 11:37 am

Neste mundo de tantas edi√ß√Ķes, as pessoas se apresentam como se fossem perfeitas. A cultura do politicamente correto predomina e, como ningu√©m √© santo, e todos n√≥s temos muitas imperfei√ß√Ķes, cultiva-se a culpa por ser insuficiente. Mas a culpa n√£o resolve nada, ela √© o c√Ęncer da alma, n√£o resolve os conflitos. Voc√™ se sente [...]

O amor é um escudo protetor

Posted by on 20 de novembro de 2018 at 9:54 am

Voc√™ corre o tempo todo para se manter em uma posi√ß√£o que pode perder a qualquer momento. √Č estimulado a comprar (e gastar) cada vez mais e para isso trabalha feito louco sem questionar a qualidade de sua vida. A propaganda √© contradit√≥ria, induzindo-o a consumir coisas e pessoas o tempo todo, sem que isso [...]

Ansiedade

Posted by on 17 de outubro de 2018 at 12:02 am

Quando a vida pede que você espere, não se desespere, aproveite para relaxar. Sergio Savian Рpsicanalista especializado em relacionamentos

“Compromissofobia”

Posted by on 16 de outubro de 2018 at 11:50 pm

Ao nos comprometermos com algu√©m, √© como se estiv√©ssemos assinando um cheque em branco. Surge assim a “compromissofobia”, caracterizada pela falta de disposi√ß√£o em dar continuidade aos relacionamentos a despeito de qualquer adversidade, o que quer que aconte√ßa. Os novos relacionamentos, de compromisso light, reduzem seu tempo de dura√ß√£o. O at√© que a morte nos [...]

Você condiciona sua amizade à afinidade política?

Posted by on 11 de outubro de 2018 at 11:35 pm

Se sua resposta for sim, meus pêsames por sua postura antidemocrática. Somente a consciência de cada um pode e deve definir em quem votar ou não.  A nossa consciência é soberana nesta decisão. Então, se você pressiona alguém, com sua chantagem emocional, deixando de ser amigo para persuadir o outro, sinto muito, mas o autocrático [...]